terça-feira, 10 de julho de 2012

Arquitetura - Renascimento


O Renascimento está associado a idéias como razão, humanismo e antropocentrismo — o pensamento de que o homem está no centro de tudo. É aí que começa a aparecer o nome do autor de cada obra de arte ou construção, elevando a figura do artista e do arquiteto (funções que, em muitos casos, eram exercidas pela mesma pessoa). São dessa época nomes como Brunelleschi, Bramante, Palladio, Michelangelo, Rafael e Leonardo da Vinci, ainda hoje lembrados e admirados.


O futuro desses homens acabou se desenvolvendo graças ao passado de outro: o arquiteto romano Vitrúvio. O achado de seus famosos dez livros proporcionou aos renascentistas noções e técnicas de perspectiva, proporções e planejamento (incluindo a construção de maquetes).

Da mesma forma que na Idade Média, as principais construções do Renascimento foram catedrais, com destaque para as cúpulas, assim como na Roma Antiga. Os principais exemplos são a cúpula da Basílica de São Pedro, em Roma (idealizada por Bramante e finalizada entre 1588 e 1591 por Michelangelo e Giacomo della Porta) e a cúpula de duas conchas, em Florença. A cúpula de Florença foi construída entre 1420 e 1436 e idealizada por Brunelleschi, o pioneiro da arquitetura renascentista.

 A Catedral de Florença, chamada de Duomo, começou a ser construída em 1296. A imponente cúpula, projetada por Filippo Brunelleschi, é um dos símbolos da cidade.

Basílica de São Pedro, tratando-se da maior das igrejas do cristianismo e um dos locais cristãos mais visitados. Sua construção (atual) sobre o antigo edifício começou em 18 de abril de 1506 e foi concluído em 18 de novembro de 1626.



Renascimento, Renascença ou Renascentismo são os termos usados para identificar o período da História da Europa aproximadamente entre fins do século XIII e meados do século XVII. Os estudiosos, contudo, não chegaram a um consenso sobre essa cronologia, havendo variações. Seja como for, o período foi marcado por transformações em muitas áreas da vida humana, que assinalam o final da Idade Média e o início da Idade Moderna. 

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos por sua participação. Volte sempre.